Notícias » Brasil

Mulher se confunde e cria jaguatirica que pensava ser um gato

Ela percebeu que tinha errado ao se deparar com um animal crescendo cada vez mais; caso aconteceu em Baião, no Pará

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 30/01/2021, às 09h05

A jaguatirica capturada
A jaguatirica capturada - Divulgação - Polícia Militar do Estado do Pará

O município de Baião, no Estado do Pará, contou com uma história curiosa na última semana. Uma mulher adotou o que pensava ser um gato há sete meses e, na terça-feira passada, 26, acionou a polícia militar pois achava que tinha perdido o animal de estimação. As informações são do UOL. 

O que ela não esperava era que iria descobrir que, na verdade, o animal não era um gato, e sim uma jaguatirica. A Polícia Militar do Estado do Pará informou, por meio de uma nota, que o bichano era um animal selvagem da família Felidae e gênero Leopardus padalis.

Embora seja conhecido como “gato do mato”, ele de fato não é um gato. Isso foi percebido pela mulher quando ele passou a crescer cada vez mais, deixando de ter o tamanho de um gato comum. Uma denúncia foi feita à Polícia Ambiental, que foi responsável por capturar o animal.

A polícia militar afirmou que "a Polícia Ambiental realizou o resgate do animal e constatou que não apresentava nenhuma lesão aparente superficial e encontra-se em boas condições físicas". Depois disso, a jaguatirica foi levada ao Batalhão da Polícia Ambiental.