Notícias » Família Real Britânica

Mulher se passa por amiga do príncipe Andrew e consegue entrar ilegalmente na residência do filho de Elizabeth II

Após ter sido descoberta, a cidadã foi presa por suspeita de roubo

Penélope Coelho Publicado em 22/04/2021, às 09h34

Fotografia do Príncipe Andrew
Fotografia do Príncipe Andrew - Wikimedia Commons

De acordo com informações publicadas na última quarta-feira, 21, pelo portal de notícias UOL, uma mulher foi detida pela polícia da Inglaterra, após ter entrado ilegalmente na casa do Príncipe Andrew, um dos quatro filhos da rainha Elizabeth II.

Segundo revelado na publicação, a mulher apareceu no Royal Lodge, em Windsor Great Park e se identificou como Irene Windsor, uma suposta amiga íntima do Duque de York.

Na ocasião, a suspeita afirmou que tinha um almoço marcado com Andrew e os seguranças deixaram a mulher entrar no local por engano. De acordo com a reportagem, a cidadã passou cerca de 20 minutos andando pelos jardins da residência oficial do príncipe, até ser detida no saguão do Royal Lodge após perguntar o paradeiro do filho da rainha.

A mulher se negou a ir embora sem que os seguranças pagassem por seu táxi. Pela confusão, a polícia foi acionada e revistou a bolsa da intrusa. Na busca, os policiais encontraram mapas da residência de Andrew e de outras casas da família real, além de um chaveiro com pontas afiadas.  

Após ser levada pela polícia, a invasora foi presa por suspeita de roubo, mas, foi transferida para a área que cuida de pessoas com transtornos mentais. De acordo com a reportagem, agora, a casa do príncipe passará por uma nova revisão na segurança.