Notícias » Arqueologia

Múmias das Catacumbas dos Capuchinhos serão investigadas

Pesquisadores irão estudar os corpos mumificados de crianças mantidos na tumba subterrânea italiana e esperam desvendar seus segredos

Isabela Barreiros Publicado em 05/01/2022, às 08h06

Catacumbas dos Capuchinhos de Palermo, na Itália
Catacumbas dos Capuchinhos de Palermo, na Itália - Gmihail at Serbian Wikipedia via Wikimedia Commons

As múmias de 163 crianças mantidas nas Catacumbas dos Capuchinhos de Palermo, ao norte da Sicília, na Itália, passarão por uma investigação de uma equipe britânica de cientistas que quer, finalmente, decifrar seus segredos de mais de 200 anos.

A expectativa é que o estudo, que deverá usar tecnologia de raios-X para revelar o interior das múmias, leve dois anos para ser concluído e possa contar algumas histórias desses jovens, que agora estão em sua maioria esqueléticos.

Os pesquisadores querem revelar a causa de morte, histórico médico e/ou identidade das crianças, informações que não são conhecidas. Eles focarão em 41 corpos de um período entre 1787 e 1880 que estão em uma “capela infantil” dentro da cripta.

“Vamos em janeiro para realizar nosso trabalho de campo”, explicou Kirsty Squires, da Universidade de Staffordshire. “Pegaremos uma unidade portátil de raios-X e tiraremos centenas de imagens das crianças de diferentes ângulos”.

“Esperamos compreender melhor o seu desenvolvimento, saúde e identidade, comparando os fundos biológicos com as coisas mais culturais: a forma como os indivíduos foram mumificados e as roupas que vestem também”, completou.

O estudo deverá cruzar os achados anatômicos obtidos por meio dos raios-X com os registros de arquivo, que incluem dois livros contando com nomes e anos de morte de possíveis pessoas que estariam ali. As informações são do jornal The Guardian. 

+++ Saiba mais sobre as Catacumbas dos Capuchinhos por meio desta matéria da Aventuras na História.