Notícias » Mundo

Na Bolívia, 35 aves em risco de extinção morrem misteriosamente

Além dos pássaros, outros animais foram encontrados mortos na mesma área

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 08/02/2021, às 09h14

Fotografia de condor voando
Fotografia de condor voando - Wikimedia Commons

Em Tarija, uma cidade da Bolívia, a morte incomum de 35 condores - uma ave atualmente em risco de extinção no país -  gerou uma investigação por parte de autoridades locais. Até o momento, a hipótese principal é envenenamento. O caso foi repercutido pela BBC na última segunda-feira, 8. 

Os condores andinos são necrófagos, isso é, se alimentam da carne de animais que já estão mortos há algum tempo - o veneno, portanto, poderia estar na carcaça.  

 De acordo com o vice-ministro do Meio Ambiente da Bolívia, chamado Magin Herrera, os pássaros não foram os únicos encontrados mortos naquela área da cidade: havia também uma cabra e três cães. 

Ainda segundo a BBC, o governador de Tarija afirmou que os fazendeiros da região não teriam motivo para tentar acabar com as aves, descartando a possibilidade do envenenamento ter sido intencional.

Uma comissão de especialistas em pássaros, veterinários e advogados foi reunida para entender melhor o que aconteceu, de forma que o caso seja esclarecido de forma definitiva no futuro.