Notícias » Espanha

Na Espanha, apicultor morre após levar ferroada de vespa-asiática

Segundo especialistas, o inseto não tem qualquer relação com as vespas assassinas e sua picada raramente é fatal

Pamela Malva Publicado em 14/05/2020, às 08h00

Imagem meramente ilustrativa de vespa-asiática
Imagem meramente ilustrativa de vespa-asiática - Wikimedia Commons

Enquanto tentava remover um ninho de vespas formado perto de suas colmeias, um apicultor de 54 anos foi picado na sobrancelha. O trabalhador não sobreviveu ao incidente, ocorrido na região de Galícia, na Espanha.

Bastante comum na Europa, o inseto que causou a morte do homem é chamado de vespa-asiática. Segundo especialistas, ela não é nada parecida com as vespas-mandarinas, ou vespas assassinas, encontradas nos Estados Unidos. 

A picada de uma vespa-asiática raramente é fatal como foi no caso do apicultor. Nesse sentido, tais insetos podem levar à morte apenas em situações de fortes alergias, da mesma forma que acontece com as abelhas.

É exatamente por isso que Doug Yanega, professor de entomologia na Universidade da Califórnia, explica que não há motivo de pânico. “As pessoas na China, na Coreia e no Japão convivem com essas vespas há centenas de anos”, pontua, em entrevista ao Los Angeles Times.