Notícias » Mundo

Na Índia, homem usa máscara do coronavírus para colar em prova

Ironicamente, o candidato trapaceiro estava fazendo uma avaliação para tentar se tornar policial

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 25/11/2021, às 17h47

Fotografia mostrando o método de cola elaborado pelo homem
Fotografia mostrando o método de cola elaborado pelo homem - Divulgação/ Departamento de Polícia de Pimpri Chinchwad

Na cidade indiana de Pimpri Chinchwad, um homem foi pego tentando trapacear em um exame escrito que tinha por objetivo selecionar candidatos para entrarem na força policial da região. 

O aspirante a defensor da lei acoplou uma série de dispositivos na parte interna de sua máscara, acessório essencial durante a pandemia do coronavírus.

Ele conseguiu esconder um cartão SIM, um microfone, uma bateria e um interruptor dentro da peça, de acordo com informações repercutidas pelo UOL. 

Os equipamentos eram conectados por fios que passavam por dentro de uma camada de tecido extra que fora costurada à máscara, assim mostrando a quantidade de planejamento e esforço que haviam sido colocados em sua tentativa de cola. 

A despeito de o candidato ter levado tantos detalhes em conta, contudo, ele acabou sendo pego por um dos aplicadores da avaliação, o policial Naik Shashikant Devkan, que revistou os participantes antes de dar início ao teste. 

Após ser descoberto, o indiano fugiu das imediações do local antes que fosse detido pelo ato, que foi fichado como um caso de fraude.