Notícias » Crimes

Na Índia, policial é preso por abusar adolescente que denunciava estupro coletivo

Caso ocorrido de Uttar Pradesh gerou revolta em toda a Índia

Fabio Previdelli Publicado em 05/05/2022, às 13h47

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay e freepik

Autoridades de Uttar Pradesh, estado no norte da Índia, anunciaram que um policial foi detido por ter sido acusado de abusar sexualmente de uma jovem de 13 anos. A garota havia o procurado para denunciar ter sido vítima de um estupro coletivo

Outras quatro pessoas também foram presas, entre elas a tia da vítima. Além do mais, 29 funcionários que estavam na delegacia, no momento em que a jovem foi abusada, foram afastados de suas funções.

Segundo explica matéria da AFP, a vítima pertence à comunidade dalit — grupo que está fora do chamado sistema de castas; uma forma arcaica de estratificação social, que ainda vigora na Índia. Desta forma, por serem marginalizados, os dalits sofrem abusos de membros das castas superiores e também são tratados por indiferença por policiais. 

O relato do abuso

A AFP aponta que o pai da jovem relatou que a filha foi estuprada por quatro homens durante vários dias. Entretanto, quando a jovem resolveu denunciar a violência, acabou sendo abusada pelo chefe da delegacia de polícia. 

O novo fato ganhou as redes sociais do país e gerou enorme revolta entre a população indiana. "Se as delegacias de polícia não são seguras para as mulheres, então aonde irão para fazer denúncias?", questionou Priyanka Gandhi Vadra, eminente membro do Congresso Nacional Indiano, em seu Twitter. 

O governo de Uttar Pradesh pensou em aumentar a presença de mulheres nas delegacias, para torná-las mais seguras para as mulheres?", prosseguiu. 

Em 2020, dados oficiais do governo indiano apontam que mais de 28.000 casos de estupro foram registrados apenas naquele ano. O que escancara um grave problema que parece estar longe de ser resolvido.