Notícias » Arqueologia

Na Inglaterra, caixão de 4 mil anos é encontrado em campo de golfe

Datada da Idade do Bronze, a caixa mortuária pode ter abrigado o corpo de um homem importante em seu tempo

Redação Publicado em 13/09/2021, às 09h43

Chefe de conservação do York Archaeological Trust com o caixão encontrado
Chefe de conservação do York Archaeological Trust com o caixão encontrado - Divulgação / York Archaeological Trust

Um caixão de ao menos 4 mil anos foi encontrado em um campo de golfe de Sheffield, na Inglaterra, durante obras de restauro.

O interior revelou restos mortais de uma pessoa do sexo masculino, além de um machado considerado raro. A descoberta se deu no ano de 2018, mas só agora foi comunicada.

Segundo arqueólogos da Universidade de Sheffield, os cuidados na produção do caixão que tem um total três metros de comprimento e um de largura, indicam que o homem enterrado no local foi uma figura muito conceituada.

Além disso, o próprio machado, um item raro que teria apenas outros 12 iguais no Reino Unido, simbolizaria uma possível posição elevada do indivíduo sepultado.

Construída com troncos de árvores, a caixa mortuária ainda contava com folhas em seu interior, as quais serviam como forro para apoiar o corpo. 

"A matéria orgânica foi preservada nas condições úmidas e sem ar dentro do tronco oco da árvore - isso pode nos dizer sobre as plantas que foram escolhidas para amortecer o corpo e até mesmo a época do ano em que esse homem foi sepultado", afirmou o pesquisador Hugh Willmott.

Machado encontrado / Crédito: Divulgação / York Archaeological Trust

 

"Minha família cultivou a terra aqui por anos antes de abrirmos o campo de golfe. Eu nunca poderia imaginar que houvesse um outro mundo enterrado sob os campos", declarou Mark Casswell, dono do Tetney Golf Club.

Após um ano de armazenamento refrigerado, o caixão foi transferido para o York Archaeological Trust, onde passa por processos de preservação. Terminada esta estapa, os achados deverão ser transferidos para o museu The Collection.