Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Bolsonaro

Na Marcha para Jesus, Bolsonaro cita 'dores do socialismo' e diz ser contra ideologia de gênero

O presidente Bolsonaro discursou sobre a guerra do 'bem contra o mal' na Marcha para Jesus neste sábado, 9

Redação Publicado em 09/07/2022, às 12h21

Bolsonaro com apoiadores durante a 'Marcha para Jesus' - Divulgação/Vídeo/Youtube
Bolsonaro com apoiadores durante a 'Marcha para Jesus' - Divulgação/Vídeo/Youtube

Ao marcar presença na 'Marcha para Jesus' em São Paulo neste sábado, 9, o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que venceria a 'guerra do bem contra o mal', disse ser contra o aborto e ideologia de gênero, e citou as 'dores do socialismo'. 

Durante a marcha, Bolsonaro esteve acompanhado do político Tarcísio de Freitas (PL), o deputado Marco Feliciano (PL). Além disso, Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente também marcou presença no evento.

Enquanto discursava no trio, Bolsonaro deixou clara a sua posição: "Temos uma posição aqui: somos contra o aborto, contra a ideologia de gênero, contra a liberação das drogas e somos defensores da família brasileira", afirmou ele. 

'Dores do socialismo'

Ainda durante o discurso, disse que espera que os brasileiros não experimentem as 'dores do socialismo': "Que nosso povo não experimente as dores do socialismo", afirmou o presidente. Ele enfatizou o atual cenário presente na América do Sul, onde presidentes de esquerda venceram as eleições: 'Não queremos isso para o nosso Brasil'. 

Jair Bolsonaro também falou sobre vencer uma guerra do 'bem contra o mal' ao se deparar com pessoas ajoelhadas. "Somos a maioria do país, a maioria do bem, e nessa guerra do bem contra o mal o bem vencerá outra vez", disse ele, conforme repercutido pela Folha de S. Paulo.