Notícias » Arqueologia

Na República Tcheca, foi encontrada por acaso a estrutura de madeira mais antiga do mundo

Datando do milênio 6 a.C. e com marcas de técnicas sofisticadas de construção, esse poço neolítico surpreendeu os cientistas do mundo. Confira imagens!

André Nogueira Publicado em 04/02/2020, às 07h00 - Atualizado às 08h09

Estrutura de madeira mais antiga conhecida
Estrutura de madeira mais antiga conhecida - Archaeological Centre Olomouc

Trabalhadores encontraram, durante a construção de uma rodovia na cidade de Ostrov, República Tcheca, uma estrutura de madeira que é considerada a mais antiga do mundo, com datação precisa de mais de 7,5 mil anos (ou seja, do sexto milênio antes de Cristo). Segundo o Journal of Archeological Science, responsável pela publicação da descoberta, objetos do material são de difícil preservação, por conta da fácil deterioração natural.

O poço neolítico possui formato quadrado na proporção 80 por 80 cm, com 140 cm de profundidade. Seus cantos são compostos de quatro pilares de carvalho com tábuas planas de avelã entre elas, formando as paredes. Há indícios físicos de uso de ferramentas líticas polidas no processo de construção.

Objeto visto de cima / Crédito: Archaeological Centre Olomouc

 

A descoberta é importante para a compreensão das técnicas de construção da pré-história: "Ele tem vestígios de métodos de construção que foram usados ​​nas eras de Bronze e Ferro e até na era romana. É incrível que os primeiros artesãos, que tinham apenas ferramentas feitas de pedra, osso ou chifres, pudessem processar a superfície dos troncos cortados com tanta precisão", afirma Jaroslav Peška em comunicado oficial do Centro Arqueológico de Olomouc.

"Acreditamos que o poço foi usado pelas pessoas durante a chamada revolução neolítica, quando houve uma transição da caça e coleta para a agricultura e assentamentos permanentes. Essas pessoas provavelmente construíram casas simples e animais domésticos".

Detalhes de partes separadas / Crédito: Journal of Archeological Science

 

A datação da estrutura também revela que havia reparações à madeira do poço, pois os pilares principais foram localizados em cerca de 5480 a.C. (o que é possível com dendrocronologia), enquanto várias tábuas laterais indicam idade mais jovem: houve reposição de madeiras durante o tempo.


+Saiba mais sobre a República Tcheca:

Um amor perdido, de Alyson Richman (2018) - https://amzn.to/31qDKEX

E-book - O que você precisa saber antes de ir a República Tcheca, de Ana Paula Castelli e Rogerio Ramos - https://amzn.to/2ulUuRy

A metamorfose, de Franz Kafka (2019) - https://amzn.to/381bJX3

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.