Notícias » Mundo

Refeição fatal: Na Tanzânia, sete pessoas morrem após consumir tartaruga venenosa

Apesar do perigo oferecido por sua carne, o animal é considerado uma iguaria na região

Ingredi Brunato, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 29/11/2021, às 21h00

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ Pexels

Na Tanzânia, uma refeição que incluía a carne uma espécie local de tartaruga causou a morte de sete pessoas, incluindo uma criança de três anos, que foi a primeira a padecer. 

O prato é considerado uma iguaria na região e sua injestão geralmente não traz nenhum efeito negativo. Existem, no entanto, alguns casos raros em que a carne é tóxica para nosso organismo, provocando as consequências desastrosas observadas nesta situação. 

Segundo informações repercutidas pela BBC nesta segunda-feira, 29, os especialistas acreditam que o perigo seja provocado pelo consumo de algas venenosas pelas tartarugas que vivem na costa da Tanzânia. Nessas circunstâncias, ocorre uma intoxicação alimentar chamada quelonitoxismo.

Pensando nisso, as autoridades locais já proibiram refeições que façam uso da carne das tartarugas da região. A despeito disso, cinco famílias fizeram uma refeição que contava com o ingrediente na última quinta-feira, 25.

No dia seguinte eles já começaram a sentir os efeitos de intoxicação. A gravidade da situação ficou clara após a morte da criança de três anos. 

Um total de 38 pessoas foram hospitalizadas durante o episódio, porém a grande maioria foi capaz de se recuperar e receber alta, de forma que o incidente apenas foi fatal para 7 dos envolvidos.

Ainda de acordo com a BBC, esse tipo de envenenamento costuma ser mais perigoso para crianças e idosos, porém tal fator não é garantia de que adultos não possam falecer devido à carne contaminada.