Notícias » Entretenimento

'Nasce uma estrela': Para colunista, versão de Lady Gaga é melhor que a de Barbra Streisand

A comparação entre as versões do clássico de 1937 foi feita logo depois que a atriz veterana criticou o remake lançado em 2018

Pamela Malva Publicado em 23/08/2021, às 17h00

Fotografia de Barbra Streisand ao lado de cena de 'Nasce uma Estrela'
Fotografia de Barbra Streisand ao lado de cena de 'Nasce uma Estrela' - Getty Images/ Divulgação/ Warner Bros. Pictures

Na última semana, Barbra Streisandgerou polêmicas ao criticar o remake de ‘Nasce uma estrela’ protagonizado por Lady Gaga e Bradley Cooper. Agora, em resposta à opinião da atriz, o jornal The Guardian fez uma curiosa comparação entre as versões do longa.

Tudo começou durante uma entrevista de Streisand ao programa australiano The Project, segundo noticiado pela AH. “Fiquei surpresa quando vi quão similar é da versão que eu fiz em 1976”, disse a atriz, referindo-se ao mais recente remake do clássico.

Na última sexta-feira, 20, então, uma coluna do The Guardian incluiu o longa em uma lista de filmes originais que acabaram sendo superados por seus remakes. Nesse sentido, a publicação deixou claro que, apesar de ser a mais famosa, a versão do filme estrelada por Barbra Straisand não é a original, nem a que tem as melhores músicas.

“O clássico conto de uma garota ingênua cuja carreira é ajudada por um homem mais velho cujo próprio estrelato está se apagando já foi refeito nada menos que três vezes”, iniciou a publicação. “A encarnação rock de 1976 de Barbra Straisand e Kris Kristofferson pode ser a versão mais conhecida mas, mais importante, o filme de 2018 de Lady Gaga e Bradley Cooper tem as maiores músicas”, pontuou a coluna.

Lançado pela primeira vez em 1937, com atuações de Janet Gaynor e Fredric March, o longa ‘Nasce uma estrela’ tem outras três versões. A segunda delas, protagonizada por Judy Garland e James Mason, estreou em 1954. Em seguida, veio o remake de Barbra Straisand e, por fim, a premiada performance de Lady Gaga e Bradley Cooper, em 2018.