Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Náufragos são resgatados após 4 dias em alto-mar contando caixas de isopor

Após navio afundar, os tripulantes tiveram que ser criativos para sobreviverem

Alan de Oliveira | @baco.deoli sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 01/06/2022, às 11h29

Náufragos rasgatados na Indonésia - Divulgação/ Twitter The Mirror
Náufragos rasgatados na Indonésia - Divulgação/ Twitter The Mirror

Após passarem quatro dias alto-mar, flutuando em caixas de isopor, quatro tripulantes de um navio de carga foram resgatados na última sexta-feira, 27, perto do território da Indonésia. Os marinheiros identificados cini Yusiyadi, Muhammad Ajim, Ansori e Ali Sabibi, estavam no ‘Zidane Express”, o qual sofreu impacto das fortes ondas da costa do país.

Em um momento tenso, eles perderam o contato do rádio e sem qualquer tipo de comunicação, afundaram entre as ilhas de Saobi e Sabuntan, na província de Java Oriental, na Indonésia.

Pescadores tiveram papel crucial no resgate

Dados como desparecidos, a guarda costeira contou com um importante apoio dos pescadores locais, que conseguiram avistar os tripulantes primeiramente.

Para sobreviverem, os homens amarraram caixas de isopor de forma que ficassem parecidas com um bote salva-vidas. Ainda conseguiram armazenar em bolsas e bolsos das roupas, comidas e um pouco de água.

Em declaração, o coordenador da Agência de Busca e Resgate da Indonésia, Wahyu Budi, afirmou que as buscas foram iniciadas imediatamente mediante a perda de sinais do navio e que os sobreviventes foram muito bem acolhidos, além do atendimento médico para poderem voltar às suas casas, conforme apuração do site UOL.