Notícias » Egito

Navio cargueiro Ever Given deixa o Canal de Suez após ficar quase quatro meses detido

A grande embarcação foi alvo de conflito entre autoridades egípcias e a empresa responsável

Penélope Coelho Publicado em 09/07/2021, às 09h05

Navio Ever Given
Navio Ever Given - Getty Images

De acordo com informações da agência de notícias EFE, divulgadas pelo portal UOL, na última quarta-feira, 7, após ficar detido desde o final de março no Canal de Suez, o navio cargueiro Ever Given pôde voltar a navegar.

Segundo revelado na reportagem, a decisão se deu após as autoridades egípcias chegarem a um acordo financeiro com a empresa proprietária da embarcação, Shoei Kisen.

A confusão se deu após o navio de 400 metros de comprimento, ficar preso no Canal de Suez durante seis dias, em março deste ano. Na ocasião, o bloqueio gerou atrasos no tráfego marinho e no transporte de mercadorias na região, o que desencadeou um enorme prejuízo.

Por isso, as autoridades locais pediram uma indenização. Até o momento, não se sabe ao certo o valor do acordo, mas, inicialmente foi pedido US$ 916 milhões para reparação dos danos causados, depois de meses de negociação, o valor diminuiu e passou para US$ 550 milhões.