Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Navio carregando mais de 15 mil ovelhas afunda no Sudão

Episódio trágico levou ao afogamento da grande maioria dos animais

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 13/06/2022, às 14h12

Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ suju-foto
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ suju-foto

No último domingo, 13, uma embarcação que transportava ovelhas sofreu um naufrágio próximo ao porto da cidade de Suaquém, do Sudão. O navio possuía cerca de 15.800 animais, e quase todos morreram afogados devido ao incidente. 

A tripulação, vale mencionar, foi capaz de sobreviver ao afundamento de seu meio de transporte pela água, que demorou horas até ficar inteiramente submerso. 

Enquanto isso, apenas 700 ovelhas foram resgatadas, e mesmo essas não estavam em um estado tão melhor que as deixadas para trás: "foram encontradas muito doentes e não esperamos que vivam muito", comentou Saleh Selim, autoridade da associação sudanesa de exportadores em relação ao gado, conforme repercutido pelo The Guardian. 

O órgão ainda estimou que os donos dos animais tiveram um prejuízo financeiro de cerca de 3,7 milhões de dólares. 

Carcaças no oceano

As perdas econômicas, contudo, não são as únicas consequências negativas do naufrágio. De acordo com um funcionário do porto de Suaquém que preferiu manter sua identidade anônima, as mais de 15 mil carcaças das ovelhas mortas poderão afetar o ecossistema aquático local:

O navio afundado afetará a operação do porto. Provavelmente também terá um impacto ambiental devido à morte do grande número de animais transportados pelo navio", relatou a fonte, segundo o The Guardian. 

Vale mencionar que, para Omar al-Khalifa, o líder do órgão nacional de exportação do Sudão, as várias horas que a embarcação levou para afundar teriam permitido um resgate mais eficiente.