Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Netflix disponibiliza filme sobre sequestro que durou mais de uma década

Lançado em 2015, 'Sequestro em Cleveland' conta a história do sequestro real de três jovens que foram submetidas a inúmeros abusos

Redação Publicado em 31/05/2022, às 12h59

Cena do filme de 2015 - Divulgação / Netflix
Cena do filme de 2015 - Divulgação / Netflix

A plataforma de streaming Netflix disponibilizou recentemente o filme "Sequestro Em Cleveland", de 2015, para assinantes. Baseado em fatos, a obra conta a história de três jovens que foram vítimas de um sequestro que durou mais de uma década. O crime, como o indica o título, ocorreu na cidade de Cleveland, no estado americano de Ohio.

Michelle Knight, Amanda Berry e Gina DeJesus eram jovens de 21, 17 e 14 anos, respectivamente, à época em que foram raptadas por Ariel Castro. Os sequestros, conforme apontou o site Curta Mais, se deram entre os anos de 2002 e 2004.

Produzido originalmente pela emissora americana Lifetime, o filme é baseado no livro “Finding Me: A Decade of Darkness, a Life Reclaimed” (Me Encontrando: Uma Década de Escuridão, Uma Vida Recuperada), de autoria de Knight.

Liberdade

As vítimas somente se viram livres do criminoso no dia 6 de maio de 2013, 11 anos após o primeiro sequestro. Isso foi possível porque Amanda conseguiu entrar em contato com os vizinhos, que chamaram a polícia. Na época, ela tinha um filha de 6 anos, que foi fruto dos abusos cometidos por Castro.

As jovens relataram que, durante todos aqueles anos, foram submetidas a estupros cotidianamente, além de abusos emocionais, agressões e privação das necessidades básicas. Knight chegou a engravidar mais de cinco vezes sendo que, em todas as vezes, Castro a torturou até que abortasse. 

Ele foi preso no mesmo dia da libertação das três mulheres e foi condenado à prisão perpétua após 329 acusações. Um mês depois, entretanto, o criminoso se matou na prisão.