Notícias » Venezuela

Nicolás Maduro afirma estar disposto a se reunir com Donald Trump

Em entrevista na segunda-feira, 22, o líder da Venezuela sugeriu que o suposto encontro fosse realizado de forma respeitosa

Pamela Malva Publicado em 23/06/2020, às 14h00

Foto meramente ilustrativa de Nicolás Maduro, o presidente da Venezuela
Foto meramente ilustrativa de Nicolás Maduro, o presidente da Venezuela - Getty Images

Na segunda feira, 22, Donald Trump declarou, em sua conta no Twitter, que apenas se reuniria com Nicolás Maduro para discutir sua saída do poder. No mesmo dia, o presidente da Venezuela afirmou estar disposto a se encontar com o norte-americano.

"Da mesma forma que conversei com [Joe] Biden, poderia conversar com Trump", afirmou Maduro em entrevista à Agência Venezuelana de Notícias. Durante sua declaração, ele ainda frisou a necessidade de um “respeito mútuo” entre os líderes.

Antes de seu último posicionamento, Trump já havia demonstrado interesse por uma reunião com Maduro. "Talvez eu pense sobre isso. Maduro gostaria de me encontrar. E nunca me oponho às reuniões", afirmou o presidente norte-americano, em entrevista ao portal Axion, ainda na segunda-feira.

Mais tarde no mesmo dia, no entanto, Donald Trump voltou atrás e declarou que só se encontraria com Maduro a fim de discutir a "saída pacífica" do líder venezuelano. Como presidente dos Estados Unidos, ele ainda afirmou que sempre irá se posicionar contra o socialismo e a favor da liberdade do povo da Venezuela.