Notícias » Canadá

No Canadá, homem é encontrado dormindo ao volante em carro automático à 150km/h

Motorista estava com os bancos reclinados muito acima da velocidade permitida na estrada

Caio Tortamano Publicado em 17/09/2020, às 16h00

Imagem capturada pelos policiais de carro dirigindo sozinho
Imagem capturada pelos policiais de carro dirigindo sozinho - Divulgação/ Polícia Real Montada do Canadá

Na província de Alberta, no Canadá, a polícia canadense teve que perseguir pela estrada um motorista que estava a aproximadamente 150 quilômetros por hora, acima do limite permitido. Quando conseguiram parar o motorista descobriram que ele estava adormecido, isso só foi possível graças ao seu carro, que possui uma função de piloto automático.

Da marca Tesla, criada pelo bilionário Elon Musk, o motorista do carro tinha inclinado o seu banco e deixado o veículo dirigindo por conta própria. A Polícia Real Montada do Canadá afirmou, por meio de nota: “O carro parecia dirigir sozinho, viajando mais de 140 km/h, com os dois bancos dianteiros completamente reclinados e os ocupantes parecendo estar dormindo”.

De acordo com o jornal The Guardian, o motorista de 20 anos foi multado por dirigir acima do limite permitido de 110 km/h e por direção perigosa, uma vez que estava adormecido. Além disso, teve a carteira suspensa por 24 horas por imprudência.

A automação de carros, popularizada pela marca Tesla, tem se apresentado um verdadeiro desafio para legisladores que buscam um meio de entender e colocar em prática esse recurso que foi aprovado antes de ser comercializado. Cada vez mais são presentes casos e acidentes envolvendo esse tipo de veículo e a polícia canadense alerta: “Por mais que sejam sistemas autônomos, eles ainda vêm com a responsabilidade de dirigir.”.