Notícias » Canadá

No Canadá, manifestantes derrubam estátuas da rainha Vitória e Elizabeth II

Os protestos no país acontecem em decorrência da descoberta de túmulos escondidos de crianças indígenas

Penélope Coelho Publicado em 02/07/2021, às 09h00

Estátua da rainha sendo derrubada no Canadá
Estátua da rainha sendo derrubada no Canadá - Divulgação/Twitter/@ATPNNews

De acordo com informações publicadas nesta sexta-feira, 2, pelo jornal The Guardian, na última quinta-feira, 1, — data que marca a comemoração do Dia do Canadá, que celebra o Ato Constitucional de 1867, que estabeleceu a formação do país — manifestantes derrubaram estátuas da rainha Vitória e Elizabeth II, na cidade canadense de Winnipeg.

Segundo revelado na publicação, as manifestações aconteceram em decorrência da crescente indignação pela recente descoberta de túmulos não identificados de crianças indígenas. Na ocasião, 215 cadáveres foram encontrados enterrados em uma escola da região da Columbia Britânica, no Canadá.

Durante a recente manifestação, grupos de ativistas homenagearam as crianças indígenas que foram enviadas para escolas no Canadá, durante o século 19 e 20, após serem tiradas a força de seus familiares, com objetivo de serem “inseridas na sociedade”.

No recente protesto, os manifestantes cobriram a estátua da rainha Vitória com tinta vermelha e puxaram o monumento com uma corda para derrubá-lo, deixando uma placa com a seguinte mensagem: “Já fomos crianças. Traga-os para casa”.

Além disso, uma estátua menor de Elizabeth IItambém foi derrubada nos protestos. A monarca também é rainha do Canadá, já que o país integra a Commonwealth. Ambas as figuras da monarquia são vistas como representantes da história colonial do país.

De acordo com reportagem da BBC, a polícia conteve o protesto, que foi definido como pacífico. A derrubada das estátuas foi recebida com aplausos pelos manifestantes.

Confira o vídeo!


Sobre Elizabeth II

A Rainha Elizabeth IIé uma das figuras mais icônicas da atualidade — e da História. Com quase uma centena de anos, aos 94 anos, ela é a monarca que está ocupando a mais tempo o trono do Reino Unido e de mais 15 estados independentes.

Quando a Segunda Guerra Mundial se iniciou, Elizabeth tinha apenas 13 anos de idade. Já nos estágios finais do conflito, a futura rainha, na época com 19 anos, decidiu atuar no serviço militar britânico, como motorista e mecânica.

14 primeiros-ministros já acompanharam a monarca no poder da Grã-Bretanha ao longo de sua extensa vida. Com quase um século de vida, Lilibeth já presenciou diversos momentos históricos marcantes como a Segunda Guerra Mundial e a Corrida Espacial.