Notícias » Bizarro

No Canadá, pai escuta filha sendo morta por um urso pelo telefone

Hubert Esquirol disse que ouviu sons “perturbadores” vindo do outro lado da linha

Isabela Barreiros Publicado em 26/08/2020, às 14h28

Imagem ilustrativa de um urso
Imagem ilustrativa de um urso - Wikimedia Commons

Um caso trágico aconteceu na província de Saskatchewan, no Canadá, na última quinta-feira, 20. Enquanto conversavam pelo telefone a respeito do abastecimento de água da área em que viviam, Hubert Esquirol ouviu sua filha, Stephanie Blais, ser atacada e morta por um urso em sua própria casa.

Os barulhos vindos do outro lado da linha eram “perturbadores”, conforme afirmou Esquirol mais tarde. "Fiquei na linha por alguns minutos antes de desligar e tentar ligar novamente. Os sons eram perturbadores. Até me ocorreu que pudesse ser um ataque, mas a chance era de uma em um milhão", explicou o canadense ao canal CKOM.

Autoridades da polícia da área afirmaram que este foi o primeiro ataque de ursos na região desde 1983. Mesmo assim, a família de Blais, que incluía seu marido, Curtis, e seu filho de apenas nove anos, Eli, tinha um protocolo rígido para lidar com possíveis invasões.

No entanto, uma pequena escapada custou a vida da mulher. De acordo com o relato de seu pai, ela estava do lado de fora da cabana em que vivia para conseguir sinal telefônico para realizar a chamada. Ele disse ao canal CBC News: “ela provavelmente já estava na mira do animal. Ela devia estar de costas para ele, não o viu se aproximar".

Além de Esquirol ter acompanhado os ruídos da morte de sua filha, o filho de Blais também viu toda a situação de dentro da casa. Quando Curtis percebeu o que estava acontecendo, atirou no urso, matando-o. Ele ainda tentou reanima-la, mas sem sucesso. Apenas dez minutos depois da ligação assustadora, o canadense recebeu outra, mas desta vez com a notícia da morte da filha.