Notícias » Família real britânica

No funeral de Philip, Harry teria sido tratado com frieza por sua família, aponta jornal

"Há pouca simpatia por ele depois do que ele e Meghan disseram à Oprah", alegou uma fonte ao Daily Mail

Alana Sousa Publicado em 24/04/2021, às 13h00

Harry e o avô Philip, em 2015
Harry e o avô Philip, em 2015 - Getty Images

O funeral do príncipe Philip no último sábado, 17, no Castelo de Windsor, foi marcado por tristeza e tensão entre a família real britânica e o príncipe Harry. De acordo com o jornal Daily Mail, o reencontro entre o filho mais novo de Diana e sua família foi delicado.

Conforme informou o jornal, muitos membros trataram Harry com “frieza e pouca simpatia”. Entre eles estariam a princesa Anne, Sophie Wessex e seu marido, o príncipe Andrew; de acordo com uma fonte que não se identificou, os parentes “mal reconheceram o sobrinho”.

Fotografia do Príncipe Harry e Meghan Markle na entrevista / Crédito: Getty Images

 

“Eles estão organizando uma frente unida para a rainha. Todos eles acham que ele se comportou de forma terrível”, teria afirmado o informante ao Daily Mail. A reação seria referente à entrevista de Harry e Meghan para Oprah Winfrey em março deste ano.

Os familiares reais estariam “ressentidos e chateados” com as alegações que o Duque de Sussex fez na ocasião, o que teria gerado na corte “um profundo sentimento de proteção em relação à rainha”.

Sobre Philip

Nascido em 10 de junho de 1921, o PríncipePhilip da Grécia e da Dinamarca, teve uma infância errante e conturbada, na juventude, ele descobriu sua vocação quando entrou para a Marinha britânica.

O homem se casou com a então princesa Elizabeth em 1947, na ocasião, continuou seu trabalho como militar, mas, renunciou ao cargo após a esposa assumir o trono britânico, em 1952. O relacionamento rendeu quatro filhos: Charles, Anne, Andrew e Edward. Philip tinha oito netos e iria completar 100 anos em junho.