Notícias » Personagem

No Instagram, Madonna protesta contra porte de armas e violência policial

A admirada artista mencionou casos recentes de brutalidade da polícia americana e afirmou que o controle de armas "deveria ser obrigatório"

Alana Sousa Publicado em 19/04/2021, às 11h30

Madonna em foto compartilhada no Instagram
Madonna em foto compartilhada no Instagram - Divulgação/Instagram

No último sábado, 17, a cantora Madonna utilizou suas redes sociais para se posicionar contra o porte de armas e pedir maior controle na regulamentação da posse nos Estados Unidos. Em uma publicação no Instagram, a artista compartilhou imagens em que era possível ler em cartazes as frases “Controle de armas agora” e “Acorde América”. 

A sequência de fotos foi acompanhada de uma legenda profunda. Madonna além de mencionar alguns casos recentes de violência policial, afirmou que “sim, pessoas matam pessoas, não armas. Mas a grande maioria das pessoas não é iluminada e as armas são muito fáceis de possuir”. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Madonna (@madonna)

 

Logo em seguida, a cantora fez uma alusão com a pandemia do novo coronavírus, dizendo: “Fique alerta sobre essa nova vacina para os norte-americanos que vai nos deixar vivos, vai proteger todos nós". E continuou: “Isso é chamada de controle de armas, ok? Nova vacina. Deveria ser obrigatória. Todos somos cidadãos”. 

A performer, que revolucionou a música desde o início de sua carreira na década de 1980, foi enfática ao comentar sobre a brutalidade policial nos EUA, que cada vez tem se mostrado mais preocupante. “Quanto à polícia matando crianças inocentes. Atirando, sufocando e brutalizando pessoas inocentes. Eles deveriam ir imediatamente para a prisão pelo resto de suas vidas. Sem julgamento, sem sistema de justiça corrupto”, finalizou. 

+Leia também: Como Madonna se tornou a Rainha do Pop?