Notícias » Música

No Irã, banda de metal é acusada de “tocar música satânica”

Integrantes da Arsames podem pegar até 15 anos de prisão apenas por tocarem o gênero musical

Isabela Barreiros Publicado em 05/08/2020, às 14h02

Membros da banda Arsames
Membros da banda Arsames - Divulgação/Youtube

No Irã, inúmeros casos de condenação e prisão por motivos que podem ser considerados sem sentido vêm ganhando relevância na mídia. Não é a primeira vez que o governo iraniano pune bandas que tocam o gênero heavy metal.

O mais recente episódio envolve o grupo de metal Arsames, que surgiu em 2002 e já fez shows em diversos países principalmente no Oriente Médio. Os integrantes da banda foram acusados pelo país de “tocar música satânica”.

Documentos obtidos pelo portal Metal Injection, descrevem que os membros do grupo estão sendo indiciados por "pertencer a uma banda metal satânica, e terem uma posição anti-governo islâmico".

Caso sejam condenados, os artistas podem pegar até 15 anos de prisão. No momento, eles pagaram as fianças estabelecidas e estão esperando o julgamento em liberdade, que deverá ocorrer em algumas semanas.