Notícias » Japão

No Japão, ritual em piscina de gelo pede pelo fim do Coronavírus

Realizado anualmente, o banho congelante de 2021 contou com algumas alterações, mas seguiu com as rezas tradicionais

Pamela Malva Publicado em 11/01/2021, às 14h30 - Atualizado às 14h47

Fotografia do templo Teppou-zu Inari
Fotografia do templo Teppou-zu Inari - Wikimedia Commons

No último domingo, 09, um tradicional evento japonês sofreu algumas alterações. Realizado anualmente, o ritual Shinto contou com menos pessoas e, ao invés dos pedidos comuns, os participantes rezaram pelo fim da pandemia, segundo o UOL.

Vestidos com tangas tradicionais, nove homens e três mulheres entraram em uma enorme banheira. Dentro dela, a água extremamente gelada dividia espaço com grandes blocos de gelo. Lá fora, a temperatura ambiente chegava a 5,1ºC.

Inicialmente, os participantes fizeram uma sequência de exercícios. Em seguida, eles passaram a bater palmas, rezar e cantar por diferentes desejos. Na edição de 2020, o evento no templo Teppou-zu Inari, em Tóquio, contou com mais de 100 pessoas. Dessa vez, contudo, apenas 12 membros participaram do ritual e ninguém pôde assistir.

"Eu rezei para que o Coronavírus chegue ao fim assim que possível", explicou Shinji Ooi, participante que dirige o grupo paroquial do templo Yayoikai. Atualmente, o Japão tenta conter o recente surto da pandemia em seu território. Nesse sentido, o país já registrou mais de 280 mil casos de Covid-19, sendo que 4 mil pessoas foram vítimas da doença.