Notícias » Brasil

No Maranhão, homem é preso após caçar onça ameaçada de extinção

Autoridades descobriram crime após vídeos contendo o animal morto serem postados nas redes

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/10/2021, às 17h01

Trechos do vídeo postado pelos criminosos
Trechos do vídeo postado pelos criminosos - Divulgação/ Redes Sociais/ Arquivo Pessoal

Na cidade maranhense de Arame, um homem foi preso em flagrante pela polícia após, ao lado de outros dois, caçar e abater uma onça-preta, uma espécie ameaçada de extinção.

O animal, que, conforme informações do Ibama, era uma fêmea, foi abatido a tiros de espingarda. O ato de caça ilegal, por sua vez, ocorreu dentro de uma reserva indígena, segundo repercutido pelo UOL nesta quinta-feira, 21. 

A identificação do criminoso ocorreu graças à postagem de um vídeo, que foi gravado por outro membro do trio de caçadores. Nas imagens, é possível vê-los rindo e fazendo piadas enquanto posam com a onça-preta morta. 

Quando oficiais da Polícia Federal fizeram buscas na casa de um dos homens mostrados na gravação, foram capazes de encontrar o couro da onça que fora abatida, além de espingardas, munição e pólvora. 

Caçar animais silvestres sem autorização pode render uma sentença que vai de seis meses a um ano, além do pagamento de uma multa

Confira abaixo o vídeo que permitiu a identificação do primeiro suspeito.