Notícias » Brasil

No Paraná, campeão de fisiculturismo morre vítima de Covid-19

A doença acabou fazendo com que Roberto Gervásio, que já estava no esporte há mais de uma década, tivesse complicações fatais

Ingredi Brunato, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 22/03/2021, às 15h30

Fotografia de Roberto em competição
Fotografia de Roberto em competição - Divulgação / Instagram

Na semana passada, a cidade de Curitiba, capital do Paraná, lamentou a morte do fisiculturista Roberto Gervásio. O homem atlético de 40 anos de idade faleceu devido a complicações causadas pelo Coronavírus, segundo o UOL.

"Cerca de 75% do pulmão ficou comprometido. Não tinha comorbidade, pois sempre foi uma pessoa muito cuidadosa. Foi uma surpresa, já que não bebia, não fumava e seguia uma alimentação de atleta. Foi algo bem inesperado mesmo", contou o irmão mais novo do body builder, Kelvin Tavares.

Roberto já era adepto ao fisiculturismo há treze anos, isto é, desde os 27. No último Sardinha Classic, um campeonato nacional dedicado ao esporte, o paranaense foi o campeão da categoria “Physique Novice”. 

O fisiculturista foi diagnosticado com Covid-19 no início de novembro do ano passado, de acordo com a família. "Ele foi trabalhar em São Paulo e acreditamos que tenha retornado contaminado. Ele foi três vezes ao hospital antes de ser internado. Era uma ótima pessoa, bem esforçada e sorridente. O Roberto sempre seguia o protocolo, tanto que não queria visita de amigos ou parentes em casa”, finalizou Kelvin.

Sobre a Covid-19

De acordo com as últimas informações divulgadas pelos órgãos de saúde, atualmente, o Brasil registra 11.998.233 de pessoas infectadas, e as mortes em decorrência da doença já chegam em 294.115 no país.  

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.  

De lá pra cá, a doença já infectou 123 milhões de pessoas ao redor do mundo, totalizando mais de 2,7milhões de mortes.