Notícias » Ciência

Nobel da Medicina vai para dupla que realizou descobertas sobre temperatura e toque

Ardem Patapoutian e David Julius irão dividir prêmio de 10 milhões de coroas suecas, valor em torno de 6,1 milhões de reais

Redação Publicado em 04/10/2021, às 08h22

David Julius e Ardem Patapoutian em caricatura
David Julius e Ardem Patapoutian em caricatura - Divulgação / Twitter / Nobel Prize

David Julius e Ardem Patapoutian são os mais novos vencedores do Prêmio Nobel da Medicina, conforme anunciou a Academia Real das Ciências da Suécia nesta segunda-feira, 4.

A dupla realizou descobertas sobre receptores de temperatura e toque no corpo humano e agora dividirá um prêmio no valor de 10 milhões de coroas suecas, cerca de 6,1 milhões de reais.

Os cientistas foram capazes de explicar como o calor, o frio e o toque podem iniciar sinais no sistema nervoso dos seres humanos. Com a nova contribuição, tratamentos inéditos para diversas doenças, como as que envolvem dores crônicas, começaram a ser desenvolvidos. 

"Os canais identificados são importantes para muitos processos fisiológicos e condições de doença", disse o comitê.

David Julius utilizou um composto da pimenta malagueta, a capsaicina, que induz uma sensação de queimação, para que assim identificasse um sensor nas terminações nervosas da pele que responde ao calor.

Ardem Patapoutian usou células sensíveis à pressão para encontrar uma nova classe de sensores do corpo que respondem a estímulos na pele e órgãos internos.

Durante o anúncio do prêmio, a Academia declarou que "essas descobertas revolucionárias lançaram atividades de pesquisa intensas, levando a um rápido aumento em nossa compreensão de como nosso sistema nervoso sente o calor, o frio e os estímulos mecânicos.

Os laureados identificaram elos essenciais que faltavam em nossa compreensão da complexa interação entre nossos sentidos e o meio ambiente".