Notícias » Estados Unidos

Nos Estados Unidos, homem tenta abrir conta em banco com nota de 1 milhão de dólares

Polícia americana vai investigar as filmagens das câmeras de segurança para tentar identificar o indivíduo

Fabio Previdelli Publicado em 07/11/2019, às 00h00

Homem tenta abrir conta em banco com nota de 1 milhão de dólares
Homem tenta abrir conta em banco com nota de 1 milhão de dólares - Reprodução

Na última segunda-feira, dia 4, funcionários de uma agência do Pinnacle Bank, em Nebraska, nos Estados Unidos, passaram por uma situação, no mínimo, inusitada. Um homem, que não teve sua identidade revelada, entrou no banco por volta das 9h30 da manhã e pediu para abrir uma conta corrente. A operação corria normalmente até que ele apresentou uma nota falsa no valor de 1 milhão de dólares.

Após muita insistência por parte do homem em dizer que a nota era real, ele desistiu e foi embora. Os funcionários da filial informaram que a polícia local foi acionada, mas os oficiais só chegaram após a saída do indivíduo.

Agora, os agentes irão revisar as filmagens das câmeras de segurança para tentar identificar quem é o indivíduo. Por enquanto, os investigadores não tratam o rapaz como criminoso, eles acreditam que ele pode ter sido vítima de um golpe ou estar confuso no dia do ato.

Curiosidade: a maior nota emitida pela Reserva Federal americana foi de 100 mil dólares, que era usada exclusivamente para transações entre bancos nos anos 1930. A maior nota para a circulação pública foi de 10 mil dólares, no entanto, as duas foram descontinuadas há muitos anos.


Saiba mais sobre dinheiro através das obras abaixo

A Mente Acima do Dinheiro. O Impacto das Emoções em Sua Vida Financeira, Brad Klontz, Ted Klontz, 2017 - https://amzn.to/2pSYruF
A psicologia do dinheiro, Dan Ariely, Jeff Kreisler, 2019 - https://amzn.to/34LyxrP

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.