Notícias » Estados Unidos

Nos últimos 15 anos, família americana perdeu a casa três vezes com passagem de furacão

Além do furacão Laura, que atingiu os EUA na semana passada, eles também sobreviveram aos fenômenos Rita e Ike

Alana Sousa Publicado em 31/08/2020, às 14h15

Devastação deixada pelo fenômeno
Devastação deixada pelo fenômeno - Divulgação/Twitter

Na última quinta-feira, 27, o furacão Laura passou por regiões dos Estados Unidos, destruindo tudo a sua volta. Os ventos — que chegaram a atingir 240 km/h — devastaram ruas e casas, afetando milhares de americanos e causando 16 mortes. Entre as pessoas afetadas pelo fenômeno, está a família de Bradley Beard, de 62 anos, que mora no estado de Louisiana.

Com a devastação deixada pelo furacão Laura, a família de Beard, um soldador aposentado, enfrenta pela terceira vez a perda de sua propriedade para um fenômeno natural. A primeira ocorrência se deu em 2005, com o furacão Rita, e outra vez em 2008, com o Ike.

Nas outras trágicas situações, a residência de sua filha e suas duas netas sofreu com inundações. Em entrevista à Associated Press, Bradley lamentou a perda de sua casa e disse: “não tenho outro lugar”.

A filha Nicole Beard relembrou o tormento do furacão Rita, no qual passou com uma filha recém-nascida: “Não sei quantas vezes você pode começar do zero”. O soldador afirmou que a casa era tudo que eles tinham, e agora restaram móveis quebrados e paredes estilhaçadas.