Notícias » Brasil

Brasil possui mais de 300 células neonazistas, segundo alarmante pesquisa

Os grupos racistas e autoritários vêm se revelando cada vez mais. Maior concentração está nas regiões Sul e Sudeste, tendo uma grande capital como recordista

Jorosteu Matraga Publicado em 23/01/2020, às 12h20

O nazismo se alastra pelo Brasil
O nazismo se alastra pelo Brasil - Divulgação/Monero Rapé

Segundo uma pesquisa dirigida pela antropóloga Adriana Abreu Magalhães Dias, da Universidade Estadual de Campinas, há ao menos 334 células neonazistas identificadas no Brasil. Segundo mapeamento, a maioria das unidades está nas regiões Sul e Sudeste.

Nestas células, Dias identificou 17 movimentos distintos, entre eles hitleristas, retomadas da Ku Klux Klan, negacionistas do Holocausto e supremacistas, tendo entre 3 e 40 membros. Em geral, esses núcleos não estão articulados entre si.

Estas cenas estão se tornando mais comuns no Brasil / Crédito: Wikimedia Commons

 

São Paulo é o estado com maior concentração de células neofascistas, com 99 grupos, seguido de Paraná, com 66, e Rio Grande do Sul, com 47. Cidades no Ceará, Bahia e Mato Grosso apresentaram quadros, mas em menor quantidade. Estes grupos vêm disseminando a ideologia hitlerista através de mais de seis mil endereços eletrônicos em português.

“São grupos de pessoas que conversam, que se reúnem, e eu localizei essas reuniões por sites na internet, blogs ou fóruns. Nenhum deles tem uma corrente única. Eles leem autores que, pelo mundo, brigam um com o outro”, explicou Adriana Abreu para o UOL. Ela também alerta que as reuniões dessas células correntemente servem para incitar a violência contra setores minoritários da sociedade.


Saiba mais sobre a Segunda Guerra Mundial:

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/2NK0OJo

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Ql4W4i

Memórias da Segunda Guerra, de Winston Churchill (2015) - https://amzn.to/2CL3UXg

A Segunda Guerra Mundial: Histórias e Estratégias, de Philippe Masson (2010) - https://amzn.to/34WmOqe

ale lembrar que os preços e a quantidade disponível de produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.