Notícias » Egito Antigo

Tábua de cera mostra que até os egípcios antigos faziam lição de casa

“Você não pode confiar em todos os seus amigos” era uma das frases que crianças escreviam para treinar a escrita há quase 2 mil anos

Alana Sousa Publicado em 10/01/2019, às 16h10 - Atualizado em 11/01/2019, às 13h05

A lição de casa de um aluno foi escrito em grego em uma tábua de cera há quase dois mil anos.
Reprodução/British Library Board

Lição de casa é algo comum na vida escolar das crianças, e parece que isso já estava presente no Egito Antigo. Um artefato que mostra uma lição escolar feita por um aluno, provavelmente na escola primária, foi adquirido pela Biblioteca Nacional do Reino Unido em 1892, mas só depois de 50 anos é que está voltando a ser exposto ao público.

A exposição da Biblioteca Britânica chamada Writing: Making Your Mark, traça a evolução da escrita em mais de 5 000 anos de história humana, e o objeto egípcio é um dos destaques. A lição preservada em uma tábua de cera montada em madeira do tamanho de um tablete é um exercício de escrita e diz: “Você deve aceitar conselhos apenas de um homem sábio” e "Você não pode confiar em todos os seus amigos". O que mostra, segundo um dos curadores da exposição, Peter Toth, que não só os dedos eram treinados, mas também a mente.

A tábua é originária de cerca de 1 800 anos. Mesmo que o nome e o gênero do proprietário sejam desconhecidos, os indícios apontam que a criança era um menino de família rica, já que a educação formal no antigo Egito era tipicamente reservada para homens de privilégio.

Além da tabuleta da lição de casa, a exposição reúne mais de 100 artefatos das coleções da Biblioteca Britânica, tornando possível explorar exemplos de escrita de civilizações antigas a culturas modernas. Entre os objetos estão: monumentos de pedra com hieróglifos egípcios, uma cópia do clássico literário Ulisses, anotado pelo autor James Joyce; notas musicais escritas por Mozart; e instrumentos de tatuagem contemporâneos.