Notícias » Literatura

Nova edição de livro de Machado de Assis esgota em apenas um dia nos Estados Unidos

Nova tradução em inglês do maior literato brasileiro fez grande sucesso, sendo descrito como "um dos livros mais espirituosos já escritos" no The New York Times

André Nogueira Publicado em 04/06/2020, às 09h57

Joaquim Maria Machado de Assis
Joaquim Maria Machado de Assis - Wikimedia Commons

O famoso romance de Machado de Assis, Memórias Póstumas de Brás Cubas, recebeu uma edição em inglês que foi lançada nos Estados Unidos na última terça-feira, 2, pela Penguim Classics.

Em apenas um dia, os exemplares foram esgotados. Além do aumento da fama do Bruxo do Cosme Velho no exterior, o fato ocorreu também com divulgação de texto de David Eggers — responsável pelo prefácio da edição — elogiando a obra brasileira no The New York Times.

Eggers publicou uma resenha em que aborda a obra pioneira do realismo como “um dos livros mais espirituosos já escritos”, em referência à linguagem bem construída e até jocosa de Machado. O romance, que foi distribuído na Amazon como literatura caribenha e latino-americana, está em destaque entre as obras realistas veiculadas na internet.

Obra de Machado em capas disponíveis na Amazon / Crédito: Divulgação

 

Nos EUA, o livro é abordado como Realismo Fantástico (corrente conhecida pelo autor Gabriel García Márquez), porém, essa atribuição não é feita no Brasil. A singularidade da obra de Machado, que possibilita essa múltipla categorização, está sendo veiculada nos EUA, numa série de traduções editadas no país.

A obra foi traduzida pela brasilianista da Universidade de Brown, Flora Thompson-DeVeaux, com prefácio de Eggers. Pouco lido pela comunidade estadunidense, Machado está cada vez mais famoso nos EUA e pode abrir as portas para a divulgação ampla da literatura brasileira no mundo.

Uma nova vinculação na Amazon, de tradução de Margareth Jull Costa (Posthumous Memoirs of Brás Cubas: A Novel), já está disponível, com data de 16 de junho.