Notícias » Pré-História

Nova Vênus paleolítica é encontrada na França

Com 23 mil anos, achado contribui para o debate sobre a função dessas estatuetas

Joseane Pereira Publicado em 05/12/2019, às 07h00

Nova Vênus encontrada pelos arqueólogos
Nova Vênus encontrada pelos arqueólogos - Divulgação/Inrap

Arqueólogos encontraram em Amiens-Renancourt, França, uma nova Vênus do Paleolítico Superior, com cerca de 23 mil anos de idade. Atribuída à cultura Gravedana, a estatueta é a décima quinta encontrada no mesmo sítio arqueológico, que pode ter sido uma oficina de produção.

Sítio arqueológico de Amiens-Renancourt / Crédito: Divulgação/Inrap

 

Além das Vênus, facas, raspadores e pontas de projéteis também foram encontrados no local, considerado uma importante fonte de informações sobre os hábitos do Homo Sapiens na França paleolítica. Com quatro centímetros de altura e esculpida em pedra, a Vênus apresenta grandes coxas e seios, e um rosto sem traços.

Detalhe da Vênus / Crédito: Divulgação/Inrap

 

Dezenas de exemplos dessa Vênus, com as mesmas características, são encontradas por todo o território europeu. Segundo os pesquisadores, a função e significado dessas estatuetas ainda são fruto de intenso debate.