Notícias » Crime

Novas informações sobre principal suspeito do caso Madeleine McCann são reveladas

Recentes evidências contra Christian Brueckner podem fazê-lo ser acusado até o final do ano

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 06/10/2021, às 06h57

Madeleine McCann em pôster distribuído após seu desaparecimento em 2007
Madeleine McCann em pôster distribuído após seu desaparecimento em 2007 - Getty Images

Apontado como suspeito principal do caso de desaparecimento de Madeleine McCann no ano passado, 2020, o criminoso sexual Christian Brueckner, de 44 anos, pode ir preso antes do natal desse ano - segundo a opinião de procuradores alemães envolvidos na investigação.

O procurador Hans Christian Walters contou à publicação The Sun sobre as novas descobertas no caso: “Nós temos novas evidências fortes contra o acusado”, acrescentando também: “Não podemos dizer quando com certeza, mas estamos trabalhando muito para resolver esse caso e outros nos quais ele é um suspeito”.

Christian Brueckner foi conectado a mais cinco crimes, envolvendo casos de estupro e assassinato, no entanto já provocou a polícia, dizendo que eles não possuem evidências de sua culpa. Além disso, ele continua negando veementemente ter qualquer conexão com o desaparecimento de Madeleine, em 2007.

Algumas das acusações contra Brueckner vêm do livro “My Search for Madeleine” (Minha Busca por Madeleine), que ainda não foi lançado - e sobre o qual uma fonte próxima ao acusado relatou ao jornal: “Ele diz que o novo livro sobre ele não é melhor, que nem uma história em quadrinhos”.