Notícias » Educação

Nove anos após atentado, Malala celebra colação de grau em Oxford

A ativista da educação baleada pelo Talibã em 2012 se formou em economia, política e filosofia em uma das universidades mais conceituadas do mundo

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 30/11/2021, às 15h04

Malala com a beca de colação de grau em Oxford
Malala com a beca de colação de grau em Oxford - Divulgação / Instagram / malala

Superando as dificuldades enfrentadas durante a infância e adolescência, a paquistanesa Malala Yousafzai, hoje com 24 anos, concluiu o ensino superior na Universidade de Oxford, colando grau no último domingo, 28.

A revelação foi feita em seu perfil oficial no Instagram, obtendo mais de 870 mil curtidas dos usuários.

Há nove anos, ela ficou mundialmente conhecida após sobreviver a um atentado a tiros, com 15 anos de idade, por cobrar ensino escolar para mulheres no Paquistão. Após se recuperar, tornou-se um símbolo da educação, recebendo um Nobel da Paz.

A jovem ingressou na importante instituição em 2017, onde se graduou em filosofia, política e economia. Os estudos foram concluídos em junho de 2020, mas a crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus adiou a cerimônia, como informou o jornal O Tempo, obrigando o adiamento do evento.

Em tom bem humorado, a ativista brincou com os termos estrangeiros usados na ocasião.

"Foi dito um pouco de latim e, aparentemente, tenho um diploma", escreveu na legenda das imagens onde ostenta a beca da universidade ao lado dos pais e do marido Asser Malik, além de duas colegas de faculdade.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Malala (@malala)