Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Músicas antigas

Estudo aponta que as pessoas estão ouvindo mais músicas antigas

Segundo relatório, o consumo de músicas novas está em queda - e há uma explicação para isso!

Redação Publicado em 22/07/2022, às 11h05

A cantora Kate Bush em montagem com a personagem 'Max' de Stranger Things - Divulgação / Youtube / Hanss1234 e Divulgação/Netflix
A cantora Kate Bush em montagem com a personagem 'Max' de Stranger Things - Divulgação / Youtube / Hanss1234 e Divulgação/Netflix

Pessoas ao redor do mundo têm preferido ouvir mais músicas antigas do que atuais, conforme aponta uma análise promovida pelo monitor de mercado Luminate e divulgada pela Music Business Worldwide.

Segundo informações da Rolling Stone, esse relatório levou em consideração uma métrica denominada "consumo total de álbuns", a qual apresenta o número de streams, downloads e vendas de música, seja digital ou física.

O que foi constatado

Foi observado no estudo que o consumo de músicas novas dos últimos 18 meses caiu em 1,4%. Em contrapatida, a venda de álbuns antigos subiu 9,3 %.

Conforme apontou a fonte, apenas 27,6% das canções consumidas no primeiro semestre de 2022 eram lançamentos. Apesar disso, a análise apontou que mais de um terço das músicas consideradas antigas e que têm ido bem nas paradas não são tão antigas assim e foram lançadas entre os anos de 2017 e 2019.

Músicas antigas em séries e filmes

Por outro lado, muitas canções dos anos 1980 têm voltado a fazer um enorme sucesso com o público. Depois que as músicas “Sweet Child O' Mine” e “Welcome to the Jungle”, do Guns N' Roses, foram utilizadas na nova produção da Marvel "Thor: Amor e Trovão(2022)", observou-se que as mesmas alcançaram os 2° 3 ° lugares na parada Hot Hard Rock da Billboard. 

O mesmo fenômeno tem ocorrido com outras bandas da mesma época, como é o caso do Metallica, cuja música “Master of Puppets” apareceu na série da Netflix Stranger Things. Também a canção "Running Up That Hill", da cantora Kate Bush, voltou às paradas de sucesso depois que foi utilizada na produção.