Notícias » Pré-História

Novo estudo sugere que os primeiros Neandertais hibernavam para sobreviver ao inverno

A partir de fósseis encontrada em uma caverna da Espanha, especialistas apontaram para uma estratégia eficaz contra as baixas temperaturas

Alana Sousa Publicado em 04/01/2021, às 11h45

Imagem ilustrativa de neandertais
Imagem ilustrativa de neandertais - Wikimedia Commons

Em um novo artigo publicado pela revista L'Anthropologie, uma equipe de especialistas em fósseis trouxe à tona uma teoria inédita, e um tanto quanto inusitada, sobre os primeiros Neandertais. Para os pesquisadores da Universidade Demócrito da Trácia, na Grécia, os hominídeos podem ter tido uma estratégia curiosa para sobreviver ao rigoroso inverno pré-histórico.

Analisando a rica caverna Sima de los Huesos (A Cova dos Ossos, em tradução livre), localizada em Atapuerca, Espanha, os cientistas conseguiram estudar restos mortais como ossos e dentes dos Neandertais. A partir do estudo, a equipe pôde concluir que muitos dos fragmentos ósseos tinham marcas semelhantes a de animais que hibernam, como ursos.

Assim, os estudiosos levantaram a tese de que esses humanos pré-históricos teriam hibernado por grande parte do inverno. Para a equipe, os Neandertais conseguiam desacelerar o metabolismo e dormir por meses, e a prova disso seriam as lesões encontradas nos fósseis.

O artigo, escrito por Juan-Luis Arsuaga e Antonis Bartsiokas, sugere que nossos ancestrais se encontraram “em estados metabólicos que os ajudaram a sobreviver por longos períodos em condições frias, com suprimentos limitados de comida e reservas suficientes de gordura corporal”.

“Uma estratégia de hibernação teria sido a única solução para eles sobreviverem passando meses em uma caverna devido às condições frias”, explicam os cientistas. “Isso sugere que a base genética e a fisiologia desse hipometabolismo poderiam ser preservadas em muitas espécies de mamíferos, incluindo humanos”, finalizam.

Sobre a Pré-História 

A Pré-História cobre o período anterior à invenção da escrita, e por conta disso, uma parte da civilização humana que não foi registrada pelas pessoas da época. Ela é dividida entre Idade da Pedra, Idade do Ferro e Idade do Bronze. 

O trabalho dos arqueologistas é tentar entender a cultura e modo de viver desses humanos sem linguagem escrita. O período pré-histórico abrange tanto a fase de caçador e coletor do Homo sapiens quanto suas primeiras organizações em sociedades complexas.