Notícias » Egito

O drama continua: Egito só vai liberar navio que encalhou em março após pagamento de multa

O episódio ocorrido no Canal do Suez no final do mês passado teve novos desdobramentos

Redação Publicado em 13/04/2021, às 14h37

Registro da embarcação Ever Given
Registro da embarcação Ever Given - Getty Images

Se engana quem pensa que a saga do navio que encalhouno Canal do Suez, no mês passado, chegou ao fim quando o gigante foi finalmente desatolado.

Isso porque o Egito declarou que o navio só poderá ser liberado após o valor de US$ 1 bilhão (aproximadamente 5,7 bilhões de reais), que compreende uma multa, a ser paga. As informações são da BBC Brasil. 

Com aproximadamente 400 metros, o navio pode ser encontrado agora no Grande Lago Amargo, no Canal do Suez. Quando encalhou no final do mês passado, o Ever Given causou um enorme prejuízo por ter bloqueado a rota, assim impedindo que outras embarcações pudessem transitar até o seus destinos. 

"O navio permanecerá aqui até que uma investigação seja concluída e a indenização seja paga", explicou Osama Rabie, que atualmente é presidente da Autoridade do Canal de Suez, a televisão estatal do Egito. "Esperamos um acordo rápido".

Assim, ele explica que o navio poderá ser retirado após a compensação ser acordada."No momento em que concordarem com a compensação, o navio poderá se mover", disse Osama.

Ele também destacou no início do mês de abril que para calcular o valor da indenização "serão calculados os danos e perdas e quanto as máquinas de dragagem consumiram", assim chegando ao valor de 1 bilhão de dólares, ou até mais que isso. 'É um direito que o Egito tem", relembrou.