Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Entretenimento

O que disse o 'Golpista do Tinder' após a estreia do documentário?

Documentário da Netflix revela a saga de mulheres que foram alvos de um mesmo homem

Redação Publicado em 14/02/2022, às 09h44

Foto de Simon Leviev presente no documentário 'O Golpista do Tinder' - Divulgação/Arquivo Pessoal/Netflix
Foto de Simon Leviev presente no documentário 'O Golpista do Tinder' - Divulgação/Arquivo Pessoal/Netflix

Lançado pela plataforma de streaming Netflix, 'O Golpista do Tinder' impressionou os assinantes ao revelar a perturbadora saga de mulheres que denunciam uma série de golpes cometidos pelo mesmo homem através do popular app de namoro. 

No documentário, Simon Leviev, que se apresenta como o 'príncipe dos diamantes' é acusado de se envolver com diferentes mulheres visando unicamente obter o dinheiro das vítimas, totalizando 10 milhões de dólares, de acordo com a produção.

Divulgação / Instagram (@siimon_leviiev_official)

Em um dos casos, por exemplo, Cecilie, uma das pessoas que se envolveram com Leviev mostra ter feito, pelo menos, nove empréstimos para ajudar o homem rico, que diz ter 'inimigos' o perseguindo enquanto mantém uma conta no Instagram que mostra seu luxuoso estilo de vida.

O que diz Simon?

Ao final do documentário da Netflix, um comunicado divulgado ao final diz que a produção contatou Leviev, contudo, o mesmo recusou participar e disse que processaria a companhia por difamação.

Após a estreia da produção, Simon acabou deletando sua conta no Instagram, contudo, antes disso ele acabou publicando uma mensagem onde diz que contará seu lado da história. 

“Compartilharei meu lado da história nos próximos dias, quando tiver encontrado a forma mais respeitosa de falar, tanto para as partes envolvidas quanto para mim. Até lá, por favor, mantenham a mente e o coração abertos”, disse Simon, conforme repercutido pela NME e Adoro Cinema.


++ Mulher descobre que teve encontro com "Golpista do Tinder" após assistir documentário;