Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Espaço

O que diz a Nasa sobre o asteroide de quase 2 km que passará 'próximo' à Terra?

Entenda por que o objeto está sendo classificado como "potencialmente perigoso"

Redação Publicado em 26/05/2022, às 11h16

Ilustração de asteroide - Divulgação / NASA
Ilustração de asteroide - Divulgação / NASA

Um imenso asteroide com cerca de 1,8 km de diâmetro irá passar relativamente próximo à Terra na próxima sexta-feira, 27, conforme apontam cientistas da NASA. Apesar disso, a passagem do corpo celeste não é motivo para preocuações.

"Não há chance alguma de que este asteroide possa impactar a Terra. De fato, o sobrevoo de 27 de maio é o mais próximo que este asteroide se aproximará da Terra em pelo menos 2 séculos", explicou Paul Chodas, diretor do Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra (Center for Near Earth Object Studies) da Nasa.

Classificação do objeto

De acordo com o G1, o 7335 (1989 JA), como é chamado o asteroide em questão, passará a cerca de 10 vezes a distância média entre a Terra e a Lua, a 4 milhões de quilômetros, e foi classificado como Potencialmente Perigoso (PHA).

Contudo, como explica o astrônomo Pedro Bernardinelli, "a ideia não é assustar, mas chamar atenção ao objeto para observadores". Ele, quem foi um dos responsáveis pela descoberta do cometa de maior núcleo já visto, declarou que essa técnica de nomeação é importante para os cientistas entenderem e medirem a órbita dos objetos observados.

"A definição de PHA é basicamente qualquer objeto que vai passar a menos de 0.05 unidades astronômicas (1ua = distancia Terra-Sol) da Terra", destacou. "Então é meio que um jeito de falar que esse é um objeto que vale a pena ser medido para poder fazer esse tipo de coisa".