Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

O significado de 'Yakecan', nome do ciclone que chegou ao Brasil

Tempestade tropical que já atinge o Brasil, preocupa especialistas, entenda o signficado

Alan de Oliveira | @baco.deoli sob superisão de Publicado em 18/05/2022, às 09h21

Imagem mostra queda de árvore em Porto Alegre - Reprodução/Twitter @EPTC_POA
Imagem mostra queda de árvore em Porto Alegre - Reprodução/Twitter @EPTC_POA

A tempestade subtropical de Yakecan atingiu e causou danos no caminho do litoral sul do Brasil, na madrugada de terça-feira e início de quarta-feira,18, provocando ventos de mais de 100kh/h.

Com isso, já são contabilizadas mais de 100 ocorrências de quedas de árvores, sinais de trânsito, suspensão de aulas por falta de eletricidade e queda de postes de energia.

 A CEEE, maior fornecedora de energia do Rio Grande do Sul, divulgou que só na noite de terça-feira, 182 mil clientes estavam sem luz, um dos maiores impactos na falta de energia elétrica já visto nas regiões Sul e Centro-Sul.

No estado, 32 municípios incluindo Porto Alegre, suspenderam as aulas devido ao fenômeno da natureza e suas possíveis consequências. Na segunda-feira, 16, um homem desapareceu supostamente devido às tempestades antecedentes à subtropical.

O governo do estado recomenda que as pessoas não saiam de casa, ficar embaixo de árvores e postes, assim como a retirada da tomada de equipamentos elétricos que não sejam de extrema urgência. Em caso de emergência, ligar para o Corpo de Bombeiros (193) ou a Defesa Civil (199).

O que significa Yakecan?

A tempestade subtropical tem como foco uma forte onda de sons e águas vindas de tempestades. O nome vem da língua tupi-guarani e exemplifica bastante uma forma de descrição do fenômeno. Yakecan significa "som do céu", em uma tradução livre. 

Formação de tempestades

Eles são caracterizados por áreas de nuvens espessas que fazem com que a chuva e o vento se movam no sentido horário, geralmente sobre o oceano.

Ao se aproximarem da costa, tendem a mostrar a diferença de temperatura entre o interior do sistema (mais frio no caso de sistemas temperados, quente no caso de subtrópicos) e o meio ambiente. No entanto, esses fenômenos raramente atingem áreas costeiras, como no caso do Yakecan.