Notícias » Estados Unidos

Obama chama atenção para violência contra asiáticos após tiroteio nos EUA

O ex-presidente disse que "ações sérias" deveriam ser tomadas para "salvar vidas"

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 17/03/2021, às 14h51 - Atualizado às 14h52

Fotografia de Barack Obama, o 44º presidente dos Estados Unidos
Fotografia de Barack Obama, o 44º presidente dos Estados Unidos - Wikimedia Commons

Nesta quarta-feira, 17, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez uma publicação em sua conta do Twitter abordando os três tiroteios que ocorreram ontem no estado norte-americano da Geórgia

Os ataques foram todos direcionados a spas de massagem, e a maior parte das 8 vítimas eram mulheres de ascendência asiática. 

O site do UOL, que repercutiu os episódios violentos, também observou que vem ocorrendo um aumento geral dos crimes de ódio que tem como alvo a comunidade asiática que vive em solo estadunidense.

Um dos motivos dessa tendência foi a disseminação da ideia que o coronavírus é um “vírus chinês” (nome conferido pelo ex-presidente Donald Trump e seus apoiadores) de forma que a pandemia seria “culpa” da China

"Apesar de estarmos enfrentando uma pandemia, continuamos a negligenciar a longa e duradoura epidemia da violência das armas na América. Ainda que os motivos do atirador [da Geórgia] não esteja claro, a identidade das vítimas destaca um alarmante crescimento da violência contra asiáticos que precisar acabar”, escreveu Obama a respeito dos ocorridos. 

O ex-presidente ainda afirmou que estava rezando pelas vítimas e pediu que “ações sérias” fossem tomadas em relação ao problema.


Obra escrita por Barack Obama revela fatos sobre vida pessoal e aspirações políticas

Recém-lançada pela editora Companhia das Letras, a obra Uma terra prometida, escrita pelo próprio Barack Obama, revela as suas memórias presidenciais e a sua odisseia improvável, desde sua juventude até se tornar líder de uma das maiores potências mundiais. 

Neste comovente relato, o ex-presidente dos Estados Unidos apresenta detalhes surpreendentes sobre a sua formação política. Além disso, Obama descreve os momentos mais marcantes do seu primeiro mandato na presidência estadunidense.

++Leia a matéria completa aqui.