Notícias » Estados Unidos

Obama defende aumento de taxas para pessoas mais ricas dos EUA: ‘Nós podemos pagar, inclusive eu’

Em entrevista, o ex-presidente dos Estados Unidos deu sua opinião sobre o assunto

Penélope Coelho Publicado em 29/09/2021, às 14h26

Barack Obama, em 2015
Barack Obama, em 2015 - Getty Images

Na última segunda-feira, 27, o ex-presidente dos Estados Unidos,Barack Obama, saiu em defesa do projeto que pretende aumentar as taxas de impostos para as pessoas mais ricas do país. As informações foram publicadas ontem, 28, pela agência de notícias ANSA.

O plano tem como objetivo de financiar propostas para diversos setores da economia dos EUA, entre eles, saúde, educação e meio ambiente.

O projeto da gestão do atual presidente norte-americano,Joe Biden, propõe no Congresso um plano de cerca de U$S 3,5 trilhões de investimentos em 10 anos, a partir de taxas para os mais ricos e para as empresas que têm grandes lucros.

Ao ser questionado sobre o assunto pelo jornalista Robin Roberts no programa Good Morning America, Obama deu sua opinião sobre o plano, que segundo ele, propõe uma economia mais justa em solo estadunidense.

"Eu acho que eles podem pagar. Nós podemos pagar. Inclusive eu, que estou nessa categoria agora” afirmou o democrata.

O ex-presidente continuou: “Será pago pedindo aos norte-americanos mais ricos, que se beneficiaram incrivelmente nas últimas décadas - e que, mesmo no meio de uma pandemia, viram sua riqueza e seus ativos aumentarem enormemente - que paguem uns pontos percentuais a mais de taxas para garantir que tenhamos uma economia justa para todos".

O assunto segue em discussão, ainda não há um acordo entre democratas e republicanos, acredita-se que o debate para aprovação do projeto ocorra ainda essa semana.