Notícias » Política

Obra apresenta o papel da elite intelectual e liberal no fortalecimento de regimes autoritários

‘O crepúsculo da democracia: Como o autoritarismo seduz e as amizades são desfeitas em nome da política’, de Anne Applebaum, mostra os perigos dos movimentos antidemocráticos

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 27/07/2021, às 19h11

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Imagem de Alex Yomare por Pixabay

Lançada no início deste ano, pela Grupo Editorial Record, a obra ‘O crepúsculo da democracia: Como o autoritarismo seduz e as amizades são desfeitas em nome da política’, da renomada jornalista Anne Applebaum, apresenta uma importante análise sobre a ascensão de regimes autoritários. 

[Colocar ALT]
Capa da obra de Anne Applebaum / Crédito: Divulgação / Grupo Editorial Record

Considerada uma das primeiras especialistas a alertar sobre o crescimento de ideologias antidemocráticas na Europa e sobre a influência da Rússia nas eleições dos Estados Unidos, Anne Applebaum busca apresentar uma análise sobre o papel da elite intelectual neste tema. 

“Os autoritários precisam de pessoas para promover tumultos ou iniciar golpes. Mas também de pessoas que saibam usar uma sofisticada linguagem legal, capazes de afirmar que ir contra a Constituição ou distorcer as leis é a coisa certa a fazer. Eles precisam de pessoas que deem voz às queixas, manipulem os descontentamentos, canalizem a raiva e o medo e imaginem um futuro diferente. Precisam, em outras palavras, de membros da elite intelectual e educacional para ajudá-los a iniciar uma guerra contra o restante dessa mesma elite, mesmo que isso inclua colegas de universidades, conhecidos e amigos”, disse a autora.

Ganhadora do Prêmio Pulitzer, a consagrada jornalista busca avaliar as atuais ameaças que as democracias enfrentam ao redor do mundo em decorrência do aumento de movimentos antidemocráticos, muitos endossados pelas elites intelectuais de diversas nações. 

A partir de uma linguagem concisa e minuciosa, a escritora explica o papel do ultranacionalismo na ascensão de regimes autoritários. Ela revela, ainda, os nomes de pensadores liberais que utilizam discursos negacionistas e contrários aos preceitos democráticos para fortalecer estes perigosos movimentos. 

Disponível na Amazon em formato Kindle e capa comum, a obra de Anne Applebaum conta com a ilustre tradução de Alessandra Bonrruquer.


+Saiba mais sobre a obra citada acima por meio da Amazon:

O crepúsculo da democracia: Como o autoritarismo seduz e as amizades são desfeitas em nome da política, de Anne Applebaum (2021) - https://amzn.to/3iRxIpX

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W


++Saiba mais sobre outras obras relacionadas ao tema disponíveis na Amazon:

Como as democracias morrem, de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt (2018) - https://amzn.to/3iP8rg2

Estado e democracia: Uma introdução ao estudo da política, de André Singer, Cicero Araujo e Leonardo Belinelli (2021) - https://amzn.to/3iXHrea

O povo contra a democracia: Por que nossa liberdade corre perigo e como salvá-la, de Yascha Mounk (2019) - https://amzn.to/3zKHD7k

Globalização, democracia e terrorismo, de Eric Hobsbawm (2019) - https://amzn.to/3i6qC1u

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W