Notícias » Europa

Obra de Leonardo da Vinci ganha vida 500 anos após sua morte

Com o uso de impressão 3D, a ponte arquitetada pelo artista finalmente é produzida

Joseane Pereira Publicado em 11/10/2019, às 08h00

None
Domínio Público

Um projeto de 500 anos atrás, arquitetado pelo grande artista Leonardo da Vinci, foi retirado do papel com uso de uma impressora 3D. A réplica de uma ponte inovadora foi rejeitada na época, por alegações de ser radical demais.

A versão mini da ponte, que pode revolucionar a maneira como elas são construídas, foi produzida por pesquisadores do MIT. A aluna de pós graduação Karly Bast, junto com o professor de arquitetura e engenharia John Ochsendorf e a graduanda Michelle Xie analisaram os documentos disponíveis e os métodos de construção da época, para fabricar um modelo detalhado que testa as capacidades da estrutura.

Karly Bast e a miniatura 3D / Crédito: Massachusetts Institute of Technology

 

"Tudo é mantido unido apenas por compressão", explicou Bast. “Queríamos realmente mostrar que todas as forças estão sendo transferidas dentro da estrutura, o que é essencial para garantir que a ponte permaneça sólida e não tombe”.

Caso tivesse sido construída em 1502, quando o projeto foi idealizado, a ponte teria cerca de 280 metros de comprimento. "É um projeto incrivelmente ambicioso. Era cerca de dez vezes mais do que as pontes típicas da época.", afirmou a pós-graduanda.