Notícias » Cultura

Obra reconstitui a emocionante saga da primeira mulher a conduzir uma grande orquestra

A adaptação literária, Antonia: uma sinfonia, de Maria Peters apresenta a envolvente história da renomada maestrina Antonia Brico

Victória Gearini Publicado em 02/03/2021, às 18h04

Antonia Brico, a grande maestrina
Antonia Brico, a grande maestrina - Wikimedia Commons

Recém-lançada pela Editora Planeta, a obra Antonia: uma sinfonia, da escritora, produtora de cinema, diretora e roteirista holandesa, Maria Peters, resgata a trajetória da primeira mulher a conduzir uma grande orquestra.

Ambientada no início do século 20 em Amsterdã, Berlim e Nova York, a obra envolve o leitor a uma narrativa regada de ambição, amor e coragem. Willy Wolters — mais conhecida como Antonia Brico — desde jovem já demonstrava talento e paixão pela música.

[Colocar ALT]
Antonia: uma sinfonia, de Maria Peters (2021) / Crédito: Divulgação / Editora Planeta

No entanto, em 1926, a admissão de mulheres em conservatórios de música era algo extremamente raro devido ao machismo da época. Contudo, após muita insistência, a talentosa e corajosa musicista conseguiu arrumar um emprego em uma renomada casa de concertos.

Adotando o nome Antonia Brico, a jovem passou a se dedicar ainda mais a música, passando horas treinando em um piano. Neste mesmo período, a pianista começou a procurar por um professor que pudesse ajudá-la a aprimorar seus talentos. 

Mais tarde, ela conheceu o rico e atraente Frank Thomsen, que em um primeiro momento não se deu bem com a musicista. Contudo, com o passar do tempo, ambos desenvolveram um forte apreço um pelo outro. Diante desse novo cenário, ela se viu obrigada em fazer uma grande escolha: deixar sua paixão para trás ou seguir seus sonhos na música rumo ao sucesso.

Após filmar a história da maestrina que se tornou a primeira mulher a conduzir uma grande orquestra, Maria Peters decidiu adaptar o roteiro da produção cinematográfica para o mundo literário. A obra encontra-se disponível na Amazon em formato Kindle e capa comum.

Confira um trecho de Antonia: uma sinfonia (2021):

— Lugar errado. Preste mais atenção. — O sr. Barnes me pega pelo cotovelo e me lança um olhar repreensivo. 

Sigo seu olhar assustada. Não percebi nada da confusão que ocorreu na fila. Vejo o casal de idosos, a quem acabei de indicar os assentos, voltar aos tropeços pro corredor. Abaixo a cabeça envergonhada. 

— Me perdoe — digo da maneira mais subserviente possível, pois ele é meu chefe e eu conheço o meu lugar. 

O sr. Barnes nem olha mais pra mim e vai ele mesmo ajudar o casal. Fico ali meio perdida, mas me recomponho e vou até os próximos espectadores que procuram seus assentos.

Digo pela enésima vez:

— Bom espetáculo.


+Saiba mais sobre esta e outras obras relacionadas ao tema disponíveis na Amazon:

Antonia: uma sinfonia, de Maria Peters (2021) - https://amzn.to/2NY9COG

O livro da música clássica, de Vários Autores (2019) - https://amzn.to/2UXEqQy

Como Ouvir e Entender Música, de Aaron Copland (2017) - https://amzn.to/3c8V7ht

Falando de música, de Leandro Oliveira (2020) - https://amzn.to/2xkz6O5

Uma história da música popular brasileira: das Origens à Modernidade, de Jairo Severiano (2013) - https://amzn.to/34wM1sj

Uma breve história da música, de Roy Bennett (1986) - https://amzn.to/3a35ylg

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W