Notícias » Cultura

Obra reflete a influência da cultura negra na construção do Brasil

Filosofias Africanas: Uma Introdução, de Nei Lopes e Luis Antonio Simas apresenta estudos fundamentais de grandes pensadores africanos e afrodescendentes

Victória Gearini Publicado em 28/01/2021, às 14h43

Representação da cultura africana no Brasil
Representação da cultura africana no Brasil - Wikimedia Commons

Vencedores do prêmio Jabuti, os escritores Nei Lopes e Luiz Antonio Simas voltam a se reunir para o lançamento da obra Filosofias Africanas: Uma Introdução. Publicado pela editora Civilização Brasileira, o livro propõe uma abordagem inovadora para introduzir os leitores aos estudos do continente africano. 

Autores da obra Dicionário da história social do samba, eles acabam de lançar mais um importante estudo sobre a humanidade, revelando a influencia da cultura negra para a construção do Brasil. A partir de concepções sobre a formação do universo e a força vital na África, os escritores constituem este livro. 

[Colocar ALT]
Filosofias Africanas: Uma Introdução, de Nei Lopes e Luis Antonio Simas (2020) / Crédito: Divulgação / Civilização Brasileira

Ao longo da leitura, são apresentados diversos teóricos e pesquisadores africanos e afrodescendentes que impactaram o século 20, entre eles Muniz Sodré, Ama Mazama e Cheikh Anta Diop. Além disso, os autores discutem a importância da construção do conhecimento a partir das tradições orais provindas da África.

Em anexo há uma vasta opção de referências bibliográficas, além de um glossário e uma lista com mais de 300 ditos populares africanos, que foram organizados e distribuídos de acordo com as regiões.

Filosofias Africanas: Uma Introdução busca apresentar os saberes ancestrais, que foram preservados ao longo das gerações por meio de seus provérbios e discursos orais. Muitos dos ensinamentos abordados neste livro são frutos de pesquisas de africanos e afrodescendentes, pautados no decolonialismo

Disponível na Amazon em formato Kindle e capa comum, em suma, este livro evidencia a complexidade e profundidade da filosofia africana e revela, ainda, a importância desses ensinamentos para a construção da sociedade moderna. 


Confira abaixo alguns provérbios africanos disponíveis na obra:  

  • África Centro-Ocidental: “Não importa se a noite é longa, pois o dia sempre vem.”
  • África Ocidental: “Tentar e falhar não é preguiça.”
  • África Oriental: “A vaca pariu uma chama: quando for lamber a cria, ela se queimou, e quando quis apagá-la, o amor de mãe falou mais alto.”
  • África Austral: “Doença em quarto minguante; cura na lua-nova.”

+Saiba mais sobre Nei Lopes e Luiz Antonio Simas por meio de obras na Amazon: 

Filosofias Africanas: Uma Introdução, de Nei Lopes e Luiz Antonio Simas (2020) - https://amzn.to/3pnTZxA

Dicionário da história social do samba, de Luiz Antonio Simas (2015) - https://amzn.to/39oQjGc

O corpo encantado das ruas, de Luiz Antonio Simas (2019) - https://amzn.to/2M62zmq

Coisas nossas, de Luiz Antonio Simas (2017) - https://amzn.to/3ovVfgJ

Enciclopédia brasileira da diaspora africana, de Nei Lopes (2011) - https://amzn.to/3t6ZaUQ

Afro-Brasil Reluzente, de Nei Lopes (2019) - https://amzn.to/3psDnVw

O preto que falava iídiche, de Nei Lopes (2018) - https://amzn.to/3qZgr0n

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W