Notícias » Cultura

Obra revela os perigos das redes sociais na era do capitalismo selvagem

A era do capitalismo de vigilância, de Shoshana Zuboff, analisa como grandes empresas tecnológicas usam dados pessoais para manipular e persuadir os internautas

Victória Gearini Publicado em 15/02/2021, às 14h58 - Atualizado às 17h58

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação / Pixabay

Enquanto um usuário navega pela internet, ele acaba deixando diversos "rastros" sobre seus gostos, o que compra, o que gosta de ler, ouvir ou assistir. Por isso, hoje em dia, as redes sociais possuem diversas informações sobre os internautas e um rico material sobre seus diferentes perfis.

A obra A era do capitalismo de vigilância, de Shoshana Zuboff, chega às livrarias brasileiras este mês pela editora Intrínseca. Neste ilustre livro, a autora revela detalhes de como empresas globais de tecnologia manipulam as pessoas para que elas abram mão de suas privacidades.

[Colocar ALT]
A era do capitalismo de vigilância, de Shoshana Zuboff (2021) / Crédito: Divulgação / Intrínseca

“A era do capitalismo de vigilância direciona os holofotes para a forma como esta última revolução está transformando economia, política, sociedade ― e nossas vidas”, escreveu o Financial Times.

Em 2020, Zuboff ficou conhecida pela sua participação no famoso documentário O dilema das redes, lançado pela Netflix. Na produção, a especialista explica como os dados pessoais são coletados por empresas famosas e utilizados para manipular os usuários, com o intuito de persuadi-los em prol do capitalismo selvagem. 

“Este não é um livro antitecnologia. Ele é anticapitalismo desregulamentado, feroz e impiedoso. É O capital desta geração”, disse Zadie Smith.

De acordo com a escritora, atualmente, a sociedade enfrenta um novo fenômeno tecnológico que se caracteriza pela extrema concentração de conhecimento, que não possui supervisão democrática. Para a jornalista e ativista Naomi Klein, este livro deve ser lido como “um ato de autodefesa digital”.

Nesta análise sociológica minuciosa e perturbadora, a autora revela os conflitos e controvérsias que permeiam a era digital, como a utópica liberdade de conhecimento que, ao mesmo tempo, pode aprisionar o internauta e submetê-lo aos emblemáticos algoritmos das grandes empresas de tecnologia.

“Uma crônica escrita de forma envolvente e fruto de uma pesquisa intensa sobre a origem do capitalismo de vigilância [...]. Zuboff mira algo maior, disponibilizando uma plataforma de pensamento crítico a partir da qual se possa examinar a grande crise da era digital”, publicou o The New York Times Book Review.

Disponível em pré-venda na Amazon, em formato Kindle e capa comum, a obra trata-se de uma importante análise sobre os efeitos da tecnologia em nossas vidas, apresentando uma visão detalhada sobre os efeitos negativos do capitalismo selvagem.


+Saiba mais sobre esta e outras obras relacionadas ao tema disponíveis na Amazon:

A era do capitalismo de vigilância, de Shoshana Zuboff (2021) - https://amzn.to/3pnnf6S

Capitalismo na América: Uma história, de Alan Greenspan e Adrian Wooldridge (2020) - https://amzn.to/2MBwEqx

Capitalismo, socialismo e democracia, de Luiz Antonio Oliveira De Araujo (2017) - https://amzn.to/30cQfVW

Capitalismo sem rivais: O futuro do sistema que domina o mundo, de Branko Milanović (2020) - https://amzn.to/2AJ4HdA

Capitalismo e Liberdade, de Milton Friedman (2014) - https://amzn.to/3eWNdta

Capitalismo parasitário: E outros temas contemporâneos, de Zygmunt Bauman (2010) - https://amzn.to/2XAfNe2

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W