Notícias » Filosofia

Obra revela por que as pessoas reclamam da natureza humana

Sobre a brevidade da vida, do filósofo Sêneca explica como as pessoas desperdiçam o tempo de vida

Victória Gearini Publicado em 15/10/2020, às 16h14

Filósofo Lúcio Aneu Sêneca (4 a.C.-65 d.C.)
Filósofo Lúcio Aneu Sêneca (4 a.C.-65 d.C.) - Wikimedia Commons

Considerado um do mais renomados intelectuais do Império Romano, Lúcio Aneu Sêneca (4 a.C.-65 d.C.) atuou como escritor, advogado, dramaturgo e filósofo — adepto ao estoicismo. Segundo filho de uma família abastada da Espanha, o pensador mudou-se ainda jovem para Roma, com o intuito de receber uma educação melhor. 

Mais tarde, Sêneca tornou-se conselheiro político de imperadores, até ser vítima de uma grande conspiração e condenado à morte. Seguindo os passos de Sócrates, o filósofo encontrou alguns amigos com quem passou seus últimos momentos de vida debatendo sobre a imortalidade da alma humana. Sêneca veio a falecer após ingerir veneno.

[Colocar ALT]
Sobre a brevidade da vida, de Sêneca (2020) / Crédito: Divulgação / Grupo Editorial Edipro

No entanto, antes de morrer, o filósofo contemplou a humanidade com a ilustre frase: “Por que reclamamos da natureza? Essa se comporta com bondade; a vida, se você sabe como usá-la, é longa”. 

Em vida, Sêneca escreveu a obra Sobre a brevidade da vida, onde analisa as angústias, descontentamentos, reclamações, e os problemas enfrentados pelos indivíduos — que mesmo após séculos, continuam afligindo a sociedade. Considerado um dos maiores filósofos estóicos da História, Sêneca revelou, ainda, um grande aliado para tais questionamentos e angústias: o tempo. 

Publicada pelo Grupo Editorial Edipro, esta edição de Sobre a brevidade da vida, apresenta versão bilíngue surpreendente em Latim-Português. Além disso, nesta obra, Sêneca convida o leitor a refletir como a humanidade pode usar o tempo para atingir uma vida feliz e plena. 

“Repara naqueles cuja felicidade todos se juntam para ver; são sufocados por sua própria prosperidade. Quantos acham a riqueza um fardo! Quantos perdem sangue por causa da eloquência e necessidade cotidiana de exibir o seu talento!”, trecho retirado da página 19 de Sobre a brevidade da vida

Por meio de seus pensamentos eletrizantes, Sêneca esclarece como o ser humano aproveita ou desperdiça o seu tempo de vida. O intelectual disserta, ainda, que a existência humana se torna mais proveitosa, quando as pessoas utilizam o tempo para desenvolver coisas relevantes e que transformarão a sociedade de alguma forma. 

Disponível em pré-venda na Amazon, a obra conta com a tradução direta do latim, feita pelo mestre em Estudos Clássicos e ph.D. em Estudos Medievais, o professor Artur Costrino. Além disso, este clássico apresenta notas explicativas que ajudarão o leitor a compreender os ensinamentos de Sêneca, que ainda hoje, são considerados temas universais. 


+Saiba mais sobre esta e outras obras de Sêneca disponíveis na Amazon: 

Sobre a brevidade da vida, de Sêneca (2020) - https://amzn.to/2FB2NyC

On Benefits illustrated (Edição Inglês), de Sêneca (2020) - https://amzn.to/3iWqDSY

Cartas de um Estoico, de Sêneca (2017) - https://amzn.to/37gckql

Aprendendo a Viver, de Sêneca (2008) - https://amzn.to/317uhTN

Da tranquilidade da alma, de Sêneca (2009) - https://amzn.to/2GTsnj5

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W