Notícias » Arqueologia

Obras no Reino Unido revelam assentamento romano

No município de Cambridgeshire, arqueólogos encontraram ricas evidências na área que já foi uma das mais importantes rotas do Império romano

Caio Tortamano Publicado em 29/07/2020, às 14h20

Arqueólogos trabalhando em escavações em Cambridgeshire
Arqueólogos trabalhando em escavações em Cambridgeshire - Divulgação - Urban & Civic

Durante obras no município de Cambridgeshire, Reino Unido, cerâmicas e moedas romanas, além de um pedaço de machado da Era do Bronze, foram revelados. Diante das descobertas, as obras que estavam sendo feitas na cidade tiveram que ser interrompidas enquanto a equipe da Oxford Archaeology East e o Conselho Histórico do Município de Cambridgeshire trabalham no local — além da supervisão da empreiteira Urban & Civic.

Com a pesquisa, três assentamentos romanos foram descobertos, além de duas espécies de indústrias da época e inúmeras áreas de campo, conhecidas como culme e sulco.

Apesar de só terem sido reveladas agora, a área era explorada por arqueólogos desde 2016 quando abriram mais de 140 trincheiras para tentar encontrar resquícios da civilização antiga. A área compreende uma junção de duas vias de transporte importantes durante o império romano: o canal romano Car Dyke — um dos maiores do tipo construído pelos romanos — e uma estrada romana conhecida como Akeman.

Peça romana achada durante escavações / Crédito: Divulgação - Urban & Civic

 

Usando equipamentos pesados de escavação, as equipes conseguiram encontrar sofisticados sistemas de valas para o transporte de água. “A região de Cambridgeshire é um lugar histórico com uma rica herança que compreende milênios. Embora o passado seja algo com o qual todos estamos familiarizados, este trabalho nos permite aprofundar os conhecimentos, descobrir mais sobre como nossos antecessores viveram e o que fizeram aqui”, afirmou Rebecca Britton, profissional envolvida na grande descoberta.